O segmento de motocicletas cresce mais a cada dia e com ele aumenta também o número de mulheres que aderiram ao veículo de duas rodas.

Assim, tentando agradar o público feminino que gosta de motos, principalmente as de estilo esportivo, uma concessionária Kawasaki de Goiânia desenvolveu uma versão feminina da já conhecida Ninja 250R.

A Kawasaki Ninja 250R Charm possui o mesmo desing e especificações que a Kawasaki Ninja 250R comum, a única diferença está na pintura. A versão feminina tem predominância das cores rosa e branca, além de detalhes florais. O preço médio é de R$ 15.990,00.

Abaixo, para quem não conhece, seguem mais detalhes da Ninja 250R:

O motor é de 4 tempos, bicilíndrico com refrigeração líquida. Possui 249 cinlindradas, 8 válvulas com sistema DOHC, potência máxima de 24 KW (33 CV) / 11.000 rpm e torque máximo de 22 Nm (2,24 kgfm) / 8.200 rpm.

Partida elétrica, sistema de combustível por injeção eletrônica, suspensão dianteira com garfo telescópico de 37 mm, suspensão traseira Uni-trak com amortecedor a gás e com pré-carga de mola ajustável em 5 níveis e transmissão de 6 velocidades. O tanque, com capacidade para 17 litros, foi desenvolvido para que os joelhos do condutor se adapte de maneira confortável.

Kawasaki Ninja 250R feminina

Kawasaki Ninja 250R Charm

O visual é arrojado e o painel de instrumentos é muito bem equipado proporcionando o máximo de informações ao condutor. A postura de pilotagem é proporcionada através do assento levemente inclinado e do guidom elevado e largo.

A traseira estreita, que é tradição no modelo Ninja, tem como opção a cobertura do assento traseiro proporcionando ainda mais esportividade ao modelo. O escape 2 em 1, com saída cromada, ajuda no torque em médias e baixas rotações.

A Ninja 250R possui uma base forte, rígida e com ajustes firmes. As rodas são de 17″ (as mesmas das suas irmãs maiores) e o aro largo aceita pneu esportivo de baixo perfil que proporciona maior estabilidade ao pilotar em baixas velocidades.

A moto atinge velocidade máxima de 175 km/h e a aceleração de 0 a 100km/h em 7,75 segundos. Um ponto negativo desse modelo é o consumo, faz em média 20 km por litro.

Agora, se você gosta de motos que também podem ser usadas para off-road saiba mais da Honda CRF 250L. Ideal para os órfãos da antiga Honda Tornado.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)