Já está disponível no mercado nacional a Honda CBR 250R, um dos modelos mais vendidos no segmento de motos esportivas de média cilindrada. Reconhecida e admirada ao redor do globo, a CBR 250R possui linhas arrojadas e modernas, além de boa dirigibilidade e estabilidade. Seu design e acabamento são baseados nos modelos de alta cilindrada da marca.

Um dos pontos fortes do modelo é o seu exclusivo motor mono-cilíndrico de refrigeração líquida que a torna mais compacta e econômica. Bem eficiente, ele oferece 2,34 kgfm de torque e 26,4 cv de potência máxima. O modelo possui garfos telescópios na dianteira, sistema monoamortecido Pro-link na traseira, chassi tubular com treliças (Diamond Frame), câmbio de partida elétrica, transmissão de 6 velocidades e o tanque tem capacidade para 13 litros.

Frente da CBR 250R

Visão lateral frontal da Honda CBR 250R

Traseira da CBR 250R

Visão lateral traseira da Honda CBR 250R

O painel de instrumentos possui visor LCD que fornece diversas informações como velocidade, temperatura do motor, rotação, relógio, hodômetro e indicador de combustível e sinalização. O painel e o tacômetro são posicionados no centro, como em diversas motos esportivas. O farol é multi-refletivo e a carenagem é integral em duas camadas, o que proporciona melhor aerodinâmica e estabilidade em altas velocidades.

Painel da CBR 250R

Visão do painel da Honda CBR 250R

Além destes, outros atributos que fazem a Honda CBR 250R ser uma ótima opção são: excelente custo/benefício, fácil manutenção, ampla rede de concessionárias e assistência, tecnologia e pilotagem prazerosa (já que a posição oferecece bastante conforto e maneabilidade).

Seus principais concorrentes são a Kawasaki Ninja 250R e a Kasinski Comet GTR 250. Para a disputa ficar acirrada, a Honda colocou a CBR 250R com preços bem competitivos. A versão de entrada sai a partir de 15.490 reais enquanto a versão com sistema ABS  sai por 17.990 reais.

Em disputas realizadas (em linha reta e velocidade máxima) entre CBR 250R e a Ninja 250R, o modelo da Kawasaki levou a melhor. Mas, apesar do desempenho superior também deve-se levar em conta que o consumo também é. A diferença entre as duas gira em torno de 5 a 10 km/litro.

Então, se você está à procura de uma moto desse segmento, o melhor é pesquisar e, se possível, fazer um test drive. Melhor ter certeza da escolha do que se arrepender.

Com o aumento da concorrência, pode ser que num futuro próximo a Yamaha também queira entrar para esse segmento e desenvolva uma versão esportiva da Faizer 250.

 

2 comentários para “Honda CBR 250R – Moto dos sonhos”

  1. Lucas

    É mono-cilindrica amigo.

    Responder
    • Equipe Carro de Garagem

      Obrigado Lucas. Corrigido!

      Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)