Qualquer pessoa com um novo motorista na família quer ter certeza de que está fazendo todo o possível para se manter seguro na estrada. E, à medida que o tempo fica mais frio, há muito mais para cobrir: como proteger seu carro com segurança em diferentes climas, como dirigir com cautela em dias chuvosos e na neve, e como resolver problemas com o veículo. Por exemplo, se a chave girar e o carro não der partida, é provável que a bateria seja o problema. Mas o motorista de primeira viagem sabe como usar cabos de chupeta com segurança?

Verifique se é a bateria antes de usar o cabo de chupeta

Se você virar a chave e seu carro não fizer absolutamente nada, então há uma boa chance de a bateria estar morta. Mas se você girar a chave e ouvir o motor girando, então seu problema provavelmente é outra coisa. Usar o cabo de chupeta sem necessidade pode ser perigoso, e ainda te fará perder tempo sem necessidade.

O que é e para quê serve um cabo de chupeta?

Um cabo de chupeta é formado por dois cabos, geralmente um na cor preta e um na cor vermelha. Nas pontas dos cabos estão presilhas feitas para conectar aos terminais de bateria de dois veículos, ou para conectar nos terminais da bateria de um veículo e de outro ou a um recarregador portátil. Esses cabos servem para transferir energia de uma bateria ou recarregador para a bateria que está descarregada.

Kit de ferramentas para carros tem que ter cabos de chupeta: onde comprar?

É uma boa ideia manter um kit de emergência no seu carro, incluindo cabos de chupeta, bem como um kit de primeiros socorros, lanterna e um pneu sobressalente no mínimo. Você também pode querer considerar um recarregador portátil, caso você não tenha outro carro correndo por perto quando precisar de uma chupeta no veículo. É uma medida de segurança adicional com um banco de energia dedicado para dar a partida ao invés de depender outro carro. Além disso, dependendo de onde a bateria está localizada, você pode precisar de uma chave de fenda, e é uma boa ideia mantê-la em seu carro também.

Bons kits de ferramentas para carros com cabos de chupeta de boa qualidade podem ser encontrados em várias lojas online, lojas de peças automotivas e lojas de ferramentas.

Cabos de chupeta

Aprenda como usar e escolher os cabos de chupeta para dar partida em uma bateria de carro com problemas. (Foto: eBay)

Como fazer chupeta no carro?

Os detalhes completos sobre como fazer a chupera um carro variam de carro para carro, portanto, verifique o manual do proprietário para obter informações precisas sobre a marca e o modelo, mas veja as instruções gerais:

Etapa 1: antes de tentar dar partida, certifique-se de que ambas as baterias tenham voltagens semelhantes ou que você possa danificar os componentes elétricos.

Etapa 2: coloque os carros o mais perto possível, mas não permita que os carros toquem um no outro.

Etapa 3: com os dois carros desligados e em “estacionar”, conecte os cabos de ligação na seguinte ordem:

  • Conecte uma braçadeira vermelha ao terminal positivo (+) da bateria “inoperante”.
  • Conecte o outro grampo vermelho ao terminal positivo (+) da bateria boa.
  • Conecte uma presilha preta ao terminal negativo (-) da bateria boa.
  • Conecte cuidadosamente a outra presilha preta em alguma grande parte metálica do bloco do motor do seu carro. Nunca conecte-o ao poste negativo (-) da bateria “morta”. Isso causa faíscas, que podem inflamar os gases da bateria.

Etapa 4: ligue o carro em funcionamento e gire-o em marcha lenta por alguns minutos. Depois de deixá-lo correr, inicie o carro “morto”. Uma vez que seu carro “morto” tenha iniciado e esteja funcionando, desconecte imediatamente os cabos de bateria na ordem inversa.

Seu carro está funcionando, mas seu trabalho não acabou.

Depois de ter o seu carro funcionando novamente, certifique-se de deixá-lo ficar na marcha lenta por pelo menos 30 minutos ou dirigi-lo por um tempo para recarregar a bateria. Depois disso, leve-o para uma oficina.

Uma vez que você liga o seu carro, é uma boa ideia testar sua bateria, o que você pode fazer geralmente de graça em uma loja de autopeças – e ver se ela precisa ser substituída. Eles também podem testar sua voltagem. A última coisa que você quer é ter que passar por tudo de novo na próxima vez que tentar ligar o seu carro.

Se fazer a chupeta no carro ainda parecer difícil ou se você realmente quiser ter a melhor paz de espírito na estrada, talvez valha a pena se inscrever para um seguro com assistência de viagem. Às vezes, vem como um complemento do seu seguro de carro. Pode valer a pena apenas para que você não tenha que se preocupar com o fato de estar preso em algum lugar com uma bateria descarregada.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas para que possamos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)