O pneu certo é um equilíbrio entre qualidade de material e preço justo, cabendo dentro do seu orçamento. Você pode gastar muito em um pneu e sair com um produto de má qualidade, ou gastar pouco e sair com um kit completo de excelente qualidade e durabilidade. Tudo vai depender de seu conhecimento dos aspectos que fazem um bom pneu.

Quando trocar os pneus?

Nos sulcos dos pneus, existe uma saliência. Na direção dessa saliência, na lateral do pneu (geralmente), tem uma sigla TWI (Tire Wear Indication), um indicador para o desgaste dos pneus. Quando as borrachas dos pneus chega nessa marca, é hora de trocar os pneus.

Pneus também devem ser trocados quando há desgaste irregular dos mesmos e quando sofreram impactos muito fortes (acidentes, buracos que deixaram calombos nos pneus, etc),

Quantos pneus você precisa?

Isso é importante, porque se você precisa comprar só um par ou um pneu, você deve comprar um pneu do mesmo modelo e marca dos outros, para não afetar a dirigibilidade do veículo, nem a velocidade e capacidade de carga. O melhor cenário possível sempre é o da troca dos 4 pneus, possibilitando mais opções de marcas e modelos.

Qual o tamanho certo do pneu?

A maioria das pessoas substitui seus pneus velhos com pneus do mesmo tamanho. Se esta é a sua escolha, é só verificar na borda lateral do pneu, e você terá todas as informações necessárias. Você também pode encontrar essa informação no manual do proprietário para o seu veículo, apesar de que manuais mais antigas podem exigir de você um pouco de trabalho para “traduzir” manuais mais antigos para padrões de medidas mais recentes. Em muitos veículos, você pode encontrar também adesivos mostrando as medidas dos pneus para o veículo, geralmente no porta luvas, porta objetos, porta malas ou na guia de corrente (para motos).

Como escolher bons pneus

São dezenas de marcas de pneus, mais dezenas de modelos de pneus, especificações. Quando não se sabe o básico de como escolher pneus, pode ficar bem difícil decidir o melhor para seu veículo. (Foto: www.wikihow.com)

Posso alterar o tamanho do pneu?

A alteração no tamanho do pneu pode afetar a dirigibilidade do veículo para pior ou para melhor. Por exemplo, pegar um pneu mais largo do que seu atual pode melhorar a estabilidade e dirigibilidade do veículo. Muitos motoristas de SUVs, picapes, e carros maiores também optam por pneus mais altos e mais largos.

Ao fazer as mudanças, lembre-se de considerar os sistemas computadorizados do veículo, como o sistema ABS. Ele deve ser recalibrado para evitar acidentes.

Escolha um pneu de acordo com como você dirige

Uma pessoa que vive no interior de São Paulo vai escolher um pneu significativamente diferente para seu carro do que alguém que vive em Goiás. Há exceções à regra, no entanto. A pessoa que vive em Goiás tem mais chances de pegar uma estrada esburacada, fora de estrada. A pessoa que vive em São Paulo tem mais chances de pegar estradas com chuva. Portanto, as situações de condução podem incluir uma variedade de condições. As opções mais comuns disponíveis são:

Pneu off road: usado comumente em jipes e outros veículos fora de estrada. Contém “caroços” de borracha dura que tem péssimo desempenho no asfalto, e podem se soltar, danificando o pneu.

Pneu para uso misto: pneu com sulcos profundos, com desempenho satisfatório tanto fora de estrada quanto na cidade. Tem um tempo de vida menor que um pneu para uso específico (cidade/off-road), mas seu desempenho equilibrado para diferentes situações compensa a menor durabilidade.

Pneu para uso no asfalto: pneu com sulcos não tão profundos, mas uma boa camada de borracha. Proporciona o melhor desempenho e estabilidade em superfícies asfaltadas, além de maior durabilidade quando usado nesse cenário.

Pese bem seus hábitos de direção. Você não quer um pneu misto se nunca vai para uma estrada de terra, ao mesmo tempo que não quer um pneu para uso no asfalto se vai dirigir uma picape só na sua fazenda.

Pneu importado vale a pena? Melhor é perguntar: qual a qualidade eu estou procurando no meu pneu?

Pagar muito barato por qualquer coisa no mundo, não é um bom sinal. Você corta os custos imediatos, aquele impacto no bolso naquele momento. Mas já parou para dividir os custos no longo prazo? Para o caso dos pneus, pegue o valor total dos pneus e divida por quantos km eles são projetados para rodar (existem vários fóruns, testes, e até projeções das fabricantes na internet, é só pesquisar). Com essa divisão, você terá o custo total do pneu por km rodado.

Pneu importado ou nacional? Mas e o diacho do pneu importado?

Se você chegou até aqui depois de ler o trecho acima, é porque você não leu direito: não importa se o pneu é importado ou nacional. Importa é a qualidade e durabilidade do pneu. Inclusive, todos eles vão passar pelos mesmos testes do INMETRO. Além desses testes, os motoristas brasileiros, fóruns, clubes de carros, revistas especializadas, todos eles conduzem testes próprios com diferente marcas de modelos de pneus em diferentes veículos para você poder escolher a bom grado.

Tudo sobre pneus de carros: velocidade, marca…

Você precisa comprar um pneu com a classificação de velocidade adequada para o seu veículo, sendo está a mesma ou maior. A classificação de velocidade é necessária para garantir estabilidade, dirigibilidade, e segurança ao motorista e aos passageiros.

A marca do pneu é importante, não por conta de status, mas por conta da confiabilidade e garantia. Yokohama, Bridgestone, Pirelli, Dunlop, Continental, Goodyear, Firestone, Michelin, BFGoodrich, Maggion, e muitas outras marcas. Tenha certeza que elas dão garantias contra bolhas e outros defeitos de fabricação.

Como saber se o pneu é remold?

O pneu remold é uma roubada. É um pneu usado, que recebe uma camada nova de borracha. Apresentará claros sinais de desgaste em alguns pontos do pneu. É garantia de prejuízo, risco de acidente, e uma economia porca. Qualquer um que tenha um cartão de crédito pode parcelar um pneu em pelo menos 12 vezes hoje em dia (e não é nem um pouco difícil fazer um cartão de crédito, mesmo sem conta no banco). Para evitar ser passado para trás, compre apenas pneus em lojas de boa reputação, e com emissão de nota fiscal.

E se ainda ficar alguma dúvida sobre os pneus, deixe nos comentários. Lembrem-se sempre que nosso site foi criado para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)