Você sabe quando deve realizar a troca de pastilhas de freio do seu carro? Esta peça é muito importante para sua segurança, pois compõe o sistema de freio à disco. Quando o freio é acionado, elas pressionam o disco, e assim realizam a parada do carro. Quando as pastilhas estão desgastadas a eficácia da frenagem corre sério risco, pois elas podem não pressionar corretamente o disco. Saiba, pois, quando a troca das pastilhas de freio devem ser realizadas, é um procedimento simples e barato.  Existem basicamente três maneiras de saber quando a troca deve ser feita:

    1. Nos modelos de carros mais equipados e modernos, existe um indicador de desgaste das pastilhas de freio, que informa ao motorista que a troca deve ser feita. Infelizmente são poucos os carros que vêm com essa facilidade, portanto, a maioria precisará saber da outra maneira!

      O que são as pastilhas de freio

      Como funcionam as pastilhas de freio

    2. Esta maneira de saber quando trocar a pastilha de freio é a mais usual e conta com o seu sentido da audição. Você deve ficar com os ouvidos atentos a um barulho nos pneus dianteiros. As pastilhas de freio possuem um indicador de desgaste que esbarra no disco de freio e produz um ruído metálico. Se você escutar um barulho desse tipo, vá para uma oficina mecânica, as chances de serem as pastilhas de freio desgastadas são enormes, principalmente quando o carro já atingiu a rodagem de 30.000 km.
    3. Os números também são bons indicadores: a cada 5.000 km rodados é indicado que se faça uma revisão nas pastilhas de freio, e entre 30.000 km e 40.000 é obrigatório que as pastilhas sejam trocadas, pois com certeza elas já estarão desgastadas e terão chegado a uma espessura de 2mm, a medida mínima indicada. Caso as pastilhas não sejam trocadas, o disco será danificado, complicando e encarecendo um operação que deveria ser simples, barata e rápida.

Fica a dica: Aceite o tempo de vida útil das peças e troque-as assim que elas começarem a dar sinais de desgaste, pois o prejuízo futuro pode ser muito maior.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)