O IPVA é um dos impostos obrigatórios que todo brasileiro proprietário de um veículo automotor deve pagar ao início de cada ano. Junto a ele, também devem ser pagos o DPVAT (também conhecido como seguro obrigatório) e a Taxa de Licenciamento.

Há alguma forma de fugir ou ficar isento do IPVA?

Sim. Os veículos de entidades beneficentes registradas, de aluguel, de portadores de deficiência física, oficiais e com mais de 20 anos de fabricação são isentos do pagamento desse imposto.

Onde faço o pagamento do meu IPVA?

Dependendo do seu estado e seu banco, você pode simplesmente entrar no internet banking de seu banco, digitar seu número RENAVAM e fazer o pagamento do IPVA. Senão, você deverá buscar o boleto na Secretaria da Fazenda de seu estado e efetuar o pagamento.

O que acontece se o dono do veículo não efetuar o pagamento do IPVA?

A primeira coisa que vai acontecer é que o proprietário não poderá tirar o novo licenciamento do veículo. Sem licenciamento, o condutor poderá ser multado, perder pontos na carteira, ter o veículo aprendido, ter que pagar taxa de guincho para remoção do veículo para pátio de estacionamento e ainda a estadia até o pagamento da multa e de todos os valores devidos. Ainda mais, em caso de envolvimento em acidente com vítimas, você será o responsável pelas indenizações de valores iguais aos que seriam devidos.

Economias para um IPVA tranquilo

Se esse ano ficou complicado para você pagar o IPVA, não deixe de começar economizando para o ano que vem ser mais tranquilo! (Foto: www.suacidade.com)

O que acontece se o dono do veículo atrasar o pagamento do IPVA?

No caso de atraso do pagamento, o dono do veículo terá de pagar, em média, 0,33% de juros por dia de atraso, além de juros baseados na taxa Selic até o limite de 20% calculado sobre o valor total.

Como pagar o IPVA tendo pouco dinheiro?

Esse ano já é possível parcelar o DPVAT além do IPVA. Por isso, se você não se planejou poupando todos os meses uma quantia pequena para pagar seu IPVA, DPVAT e Taxa de Licenciamento, parcele tanto o IPVA quanto o DPVAT. Mesmo assim, você ainda vai precisar de um dinheiro separado para a taxa de licenciamento, que gira em torno de R$80,00. Você tem então, mais ou menos, até março para se quitar de todas estas dívidas, buscando sempre pagar no prazo correto, é claro.

Esperamos não ter deixados dúvidas sobre as consequências do não pagamento do IPVA. Sabemos que pode sair um pouco caro, mas não deixe de pagar e correr o risco de ficar em uma dívida maior ainda e pior, sem seu veículo.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)