Quando alguém amassa a lataria do carro, logo vem a preocupação. E ela pode ser bastante justificável. Desamassar a lataria de um carro pode ser simples ou complicado, dependendo do processo que será necessário para o conserto. Esse processo é bastante variável, e será definido a partir do tamanho do amasso que acometeu o veículo, profundidade, largura e dificuldade de recuperação.

Para os casos mais simples, pode-se recorrer sem dúvidas ao famoso martelinho de ouro. Ele servirá para consertar amassos pequenos, ocorridos em batidas e acidentes quase sempre de pequena gravidade. O preço médio de desamassar o carro com martelinho de ouro gira entre R$60,00 a R$90,oo por amassado, dependendo do amasso e do veículo em questão, mas há outras formas de compor o preço e um serviço pode sair facilmente por mais de R$ 1500 ou R$ 2000 reais.

O serviço de martelinho de ouro é realmente caro pois os cursos oferecidos nas escolas de martelinho de ouro tem um preço bastante salgado, além deste ser um trabalho que requer bastante paciência e ferramentas específicas, além da técnica e talvez até algum dom.

Martelinho de ouro, lanternagem ou técnica própria

Desamassar lataria - simples ou complicado?

Em outros casos, se a tinta tiver sido lascada, e o amasso precisar ser endireitado, exigindo repintura da porta por exemplo, aí o custo aumenta, e passa a girar em torno dos R$250,00 a R$300,00, podendo em alguns casos atingir as cifras bem maiores. O processo também é conhecido como lanternagem, indispensável em casos mais graves.

Para quem não quer gastar com tais reparos, e pode, em virtude de amassados pequenos, já existem técnicas que auxiliam a própria pessoa a desamassar o veículo ela mesma. Para isso, usam-se secadores de cabelo e produtos de spray. Pode funcionar somente em casos de amassad0s pequenos. Mas a técnica não é garantia de nada, em caso de tentativa frustrada, deve-se recorrer às tradicionais citadas anteriormente.

Uma lataria amassada pode desvalorizar o valor de um automóvel da maneira substancial, podendo chegar esses números a até 25% de desvalorização. Por isso é importante e necessário estar atento aos preços e mecanismos dispostos no mercado para se reparar o amassado, tanto em casos simples, mas principalmente nos de maior gravidade.

Além disso, não fica de bom tom dirigir o seu carro com um defeito que todos têm a possibilidade de olhar, é como sair de casa com uma camisa rasgada, por mais que esta esteja funcionando no modo de vesti-lo, gera um desconforto social inquestionável.

Image: Chris Sharp / FreeDigitalPhotos.net

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)