No fim de ano as chuvas de verão fazem com que muitos motoristas se lembrem que é hora de comprar palhetas novas para o limpador de parabrisas. Seja por motivo de uma viagem de mais longa ou porque as palhetas já estão mesmo muito desgastadas, este item se torna muito procurado nas épocas de chuva, tanto que passam a ser vendidos até por ambulantes nos semáforos.

A questão é que existem dezenas de fabricantes de palhetas do limpador de parabrisas e cada um deles tem um nível de qualidade e preço diferentes. Quando se trata da segurança no veículo há quem diga que é necessário sempre colocar o item de maior qualidade. Concordo totalmente com esta questão quando são peças diretamente relacionadas ao funcionamento da locomoção do veículo, mas em relação às palhetas do limpador de parabrisas, tenho outra opinião.

Comprar palheta limpador

Palheta do limpador de parabrisas - Original ou paralela!?

Mesmo alguns fabricantes das marcas originais recomendadas pelas montadoras sugerem a substituição das palhetas uma vez por ano. A maior causa de desgaste que leva à necessidade de comprar outra palheta é o sol e não a chuva como muitos pensam. Os carros que ficam o dia todo estacionados ao sol acabam tendo as palhetas ressecadas muito precocemente. Para fazer com que as palhetas durem um pouco mais o ideal é levantá-las do vidro caso o carro vá ficar parado por muito tempo, pois isso alivia a pressão do vidro sobre as mesmas.

Mas porque comprar as palhetas originais que são mais caras? Por exemplo: a palheta do limpador de parabrisas do Palio 2009 custa R$ 45 se for a original e R$ 17 se for a paralela. Em teoria, ambas precisarão ser trocadas em um ano quando as chuvas começarem novamente e mesmo assim você corre o risco delas serem roubadas neste meio tempo. E a questão da segurança? Bem… se você perceber o desgaste prematuro das palhetas você pode trocá-las novamente a qualquer momento e ainda terá gasto menos se tiver comprado a paralela.

Portanto em meu ponto de vista vale a pena usar a palheta paralela ao invés da original. Nunca tive problemas como vidro arranhado, defeitos ou má qualidade do resultado da limpeza das palhetas. Em autopeças de autorizadas que vendem apenas a marca recomendada pelo fabricante é fácil você ouvir narrações quase terroristas do “estrago” que uma palheta “paralela” pode fazer. Na verdade nem sempre acredito que as peças “originais” são sempre as melhores, e vou continuar com minha palheta paralela que já dura dois anos em bom estado!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)