O parabrisas do carro é sem dúvida uma das partes mais sensíveis e expostas a perigos durante qualquer trajeto. Nas estradas, em que a velocidade costuma ser maior, pequenas pedras arremessadas a partir do solo por outros veículos podem acertar o vidro e causar trincas ou mesmo a quebra do mesmo.

No caso de pequenas avarias no vidro é possível conserta-lo ao invés de trocar todo o parabrisas. O reparo do parabrisas é possível em caso de trincas, arranhões ou lascas que se soltem. O conserto em geral custa 20% ou menos do valor que se pagaria por um parabrisas novo, mas nem sempre ele é possível e depende de cada caso. O reparo é feito com a utilização de resinas, luz ultravioleta e ferramentas próprias para a tarefa, sendo um trabalho que exige técnica apurada.

De acordo com a legislação, certas partes do vidro não podem ser reparadas por motivo de segurança. E em outros casos a sujeira depositada na trinca pode inviabilizar o conserto. Há ainda os casos em que ocorre uma trinca de maiores proporções e o reparo não pode ser feito porque a estrutura do parabrisas ficaria enfraquecida, comprometendo a segurança dos ocupantes.

Reparo de parabrisas

Reparar o parabrisas é possível e mais barato

O mais importante é saber como proceder logo após a avaria para tornar o parabrisas recuperável. Logo que detectar que o vidro foi lascado ou tem alguma pequena avaria, coloque um adesivo sobre o mesmo para evitar a entrada de impurezas. Muitas seguradoras fornecem tais adesivos justamente para estes casos, de forma a baratear a manutenção e evitar  que o vidro precise ser trocado. Caso você não tenho o adesivo fornecido pela seguradora, cole qualquer outra fita adesiva até que possa levar o veículo para consertar o vidro.

A prevenção também existe nestes casos. A maior parte das avarias em parabrisas ocorre devido a pedras ou detritos que caem de caminhões carregados ou são projetados por eles a partir da pista. Evite trafegar muito próximo a caminhões em locais onde a pista esteja muito suja ou não seja pavimentada. Nas estradas, andar muito próximo a veículos grandes e carretas é o maior fator de risco para ter um problema de parabrisas trincado ou amassados na parte frontal da lataria do veículo!

Boa sorte e procure uma boa oficina para reparar o parabrisas do seu carro.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)