Carro de Garagem

Lançamentos, fotos, preços e notícias sobre carros!

Pesquisar no site

Quando devo trocar de carro?

Existem pessoas que têm o hábito de trocar de carro todos os anos mesmo se o veículo ainda estiver em perfeito estado. Para estes não existe segredo ou dúvidas. A regra é estar de acordo com os últimos lançamentos e obter status social mesmo que tecnicamente não seja necessário.  Mas se você não tem condições ou vontade de trocar o carro todos os anos, como a maioria dos brasileiros, e está na dúvida sobre qual é o momento ideal para a troca, siga essas dicas! Certamente não é o mesmo caso para todas as pessoas, mas em geral a troca do carro motivada pelo status não costuma ser financeiramente interessante.

Quando fazer troca de carro

Momento ideal para trocar o carro

  • O ideal é sempre fazer a troca de carro quando acabar a garantia do carro, geralmente de 3 a 4 anos. Procedendo assim o custo com manutenção será baixíssimo ou nulo. Por outro lado a depreciação do modelo velho será sempre de pelo menos 30%. Fazendo as contas talvez não seja mais vantajoso arcar com custos de manutenção de vez em quando do que perder tanto dinheiro na troca.
  •  A dúvida sobre trocar ou não de carro surge geralmente após a volta da oficina mecânica. Problemas constantes e gasto com manutenção sempre aumentam o desejo por um carro mais novo, inicialmente sem defeitos e com garantia de fábrica. A primeira dica é fazer as contas com muita lucidez. Se você não tiver condições de financiar um novo carro mesmo com a venda do velho, espere uma outra ocasião para isso. A troca em momentos de aperto só fará algum sentido se os gastos com conserto estiverem constantes e com preços absurdos, equivalentes a prestações de um carro! Ouça sempre a opinião de um segundo mecânico e faça orçamentos em locais distintos para comparar os preços.
  • Assim que a insatisfação com o carro atual surgir, faça nele um check-up completo. Com diagnósticos objetivos, a respeito dos equipamentos e partes em que ele está com problema, juntamente com um orçamento do conserto, você terá parâmetros para saber se o conserto compensa ou se vale mais a troca.
  • Esteja atento a certos sinais do carro: ferrugem e falhas no motor já denunciam um forte desgaste. Certos barulhos também merecem atenção. O quanto antes você tentar resolver os pequenos sinais, mais barato ficará o conserto.
  • Em alguns casos, para não apertar o orçamento, a troca pode ser feita por um modelo usado. Isso só vale a pena se você tiver consciência de sua boa procedência e for pagar a vista, pois o financiamento de carros usados é bem superior ao de carros novos. Tenha consciência também do valor do seguro, também mais caro que o de carros novos.
Pesquisar no site
Categorias:

Comente e participe !

X
Notícias de carros por e-mail!