Carro de Garagem

Lançamentos, fotos, preços e notícias sobre carros!

Pesquisar no site

Entenda a diferença entre reboque e semi-reboque

Muitas pessoas que não são do meio de veículos pesados não sabem diferenciar um reboque de um semi-reboque. Para elas são praticamente a mesma coisa.

E não tiro a razão, já que a diferença entre os dois é muito sutil. Para entendermos a diferença entre cada um é necessário, primeiramente, saber um pouco mais sobre eles separadamente.

O Reboque é um veículo de carga independente, sem meio próprio de tração e que possui 2 ou mais eixos. Sua movimentação é articulada por meio de um veículo automotor, caminhão simples ou caminhão trator. Também pode ser engatado atrás de um semi-reboque, muito utilizado nas usinas de cana de açúcar.

Já o Semi-Reboque, também é um veículo de carga independente e sem meio próprio de tração. Porém, sua tração deve ser realizada por caminhão trator e, normalmente, possui de 1 a 3 eixos.

Ele é acoplado ao caminhão por meio de um engate universal do tipo B. Este faz a ligação entre o prato de acoplamento do caminhão e o pinhão de acoplamento do semi-reboque.

Assim, a diferença entre o reboque e semi-reboque é devida à apenas uma característica, o reboque transita atrelado (engatado) à um veículo enquanto o semi-reboque apoia parte de sua unidade e de seu peso ao veículo trator .

Reboques

Um dos vários tipos de reboque

Semi-reboques

Um dos diversos tipos de semi-reboque

E falando em semi-reboques, são vários os tipos:

  • Aberta: cargas em geral que não exigem proteção.
  • Fechada: cargas em geral que precisam de proteção contra ações do ambiente.
  • Frigorífica: cargas que precisam de temperatura controlada.
  • Basculante: cargas a granel que precisam ser despejadas.
  • Tanque: cargas líquidas a granel.
  • Cegonheira: transporte de veículos.
  • Porta-containers: como o nome já diz, transporte de containers em geral.
  • Zorra:  transporte de veículos pesados, tanques, maquinaria e outros.

Já que estamos falando sobre veículos de carga, saiba que há várias formas de combinação de veículos de carga (CVC), entre elas: romeu e julieta (caminhão mais dois reboques, um engatado no outro), bitrem (um cavalo mecânico tracionando 2 semi-reboques), rodotrem (dois semi-reboques ligados por dolly), tritem (3 semi-reboques ligados entre si) e treminhão (romeu e julieta mais reboque).

Se você é interessado por assuntos da área de veículos pesados, veja também os tipos de caminhões e os tipos de carretas que são encontrados no país.

Pesquisar no site
Categorias:

Comente e participe !

X
Notícias de carros por e-mail!